quarta-feira, 31 de março de 2010

A Vida de David Gale


Ontem assisti ao filme a Vida de David Gale, estrelado por Kevin Spacey e Kate Winslet, dirigido por Allan Park e o filme me trouxe uma pergunta, que está martelando na minha cabeça: Qual o valor da vida? E logo em seguida: Até onde vale a pena ir por um ideal? Olha, não quero estragar, você deve ver o filme, por isso não revelarei nada muito significativo.

O filme trata sobre a vida de David Gale um professor de filosofia, advogado e ativista da DeathWatch, uma ONG contra a pena de morte. Este assunto da pena de morte me levou a questão do valor da vida. Quem somos nós para termos o direito de tirar uma vida. Mesmo que o ódio e a or nos consuma pela perda de um ente querido assassinato, o que adianta ver a morte de seu assassino, se esta não trará de volta a pessoa querida? E além do mais (esta é uma visão particular) a vida é um dom de Deus, ele que nos deu e cabe a ele nos tirar. Ele é nosso Senhor, pertencemos a ele. Aquele a quem é assassinado é um ser humano, igual a nós. Nós também temos falha e defeitos, podemos errar, mas sempre temos chance para reconstruir e mudar.Matando as pessoas com a pena de morte, nos tornamos tão criminosos quanto eles.

E a outra questão: Até onde vale a pena ir por um idela? Você verá no filme que Gale nada tinha a perder por isso se deu de corpo e alma. Mas e nós. Até onde nos vale ir por um sonho ou um ideal. Interessante que numa aula no início do filme, Gale nos diz que segundo Lacan, os sonhos são sonhos justamente por serem impossíveis e ser realizados, ou se forem realizados, nós não os queremos mais. Não concordo com essa idéia de Lacan, e acho que vale a pena sim, lutar por nossos ideais...Concordo com ele no ponto de que a "luta" para alcançar estes ideais nos traz felicidade, e não fecho como após batalhar, não ficmos felizes com o que conseguimos.Eu pelo menos, quando conquisto algo que lutei ou batalhei, muito me alegro e quero aquilo muito, durante longo tempo...

Assista o filme e reflita.
Qual o valor da vida?
Qual o preço de um sonho?

Nenhum comentário:

Postar um comentário